PCF-3

Questões comentadas, artigos e notícias

Crimes na Web: PF prende 80 pessoas em megaoperação

Posted by papacharliefox3 em 01/06/2009

A Polícia Federal realizou, nesta quinta-feira, 28/05, a “Operação Trilha”, com o objetivo de prender uma quadrilha especializada em clonagem de cheques, de cartões de crédito e desvio de dinheiro de contas bancárias por meio da internet.

Foram mobilizados 691 policiais federais para cumprir 136 mandados de busca e apreensão, em 12 estados e no Distrito Federal. Os mandados foram expedidos pelo Juiz Federal da 12ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal.

Segundo dados da Polícia Federal, 80 pessoas foram presas, sendo um deles nos Estados Unidos da América. Também entre os presos estão seis programadores que elaboravam os software e repassavam aos hackers, responsáveis por distribuir os programas às vítimas. Os programadores foram presos no Distrito Federal, Goiás, São Paulo e Pará. Houve a apreensão de HDs, recolhidos aos escritórios da PF.

O Superintendente da Polícia Federal no DF, Disney Rosseti, revelou que foram investigadas mais de 500 pessoas e identificados 1.500 cidadãos comuns que emprestavam nome, conta corrente e cartão de crédito para os criminosos. As contas eram usadas para lavar o dinheiro. “Boa parte do crime seria impossível sem a participação do cidadão comum. Essas pessoas serão indiciadas por formação de quadrilha e furto perante fraude”, afirmou.

As investigações, iniciadas há cerca de um ano, revelaram que integrantes da quadrilha utilizavam programas para capturar senhas bancárias de correntistas de vários bancos. Estes programas eram disseminados por meio de mensagens eletrônicas falsas. Em outra modalidade, a quadrilha instalava câmeras nos terminais bancários para filmar a senha dos correntistas, ao mesmo tempo em que outro dispositivo clonava os dados do cartão.

De posse dos dados bancários, os criminosos realizavam transferências de valores para contas de “laranjas”, compravam produtos pela internet e realizavam pagamentos de boletos bancários. Os presos serão indiciados pelos crimes de formação de quadrilha, furto qualificado mediante fraude, tentativa de furto e estelionato. Segundo a PF, o montante desviado ainda não foi apurado, mas segundo dados apurados, apenas um dos investigados teria supostamente desviado R$ 1 milhão.

Fonte: Convergência Digital

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: